Mastodon flerta com o sobrenatural no vídeo de Steambreather

Mastodon 2017

Entre os sons mais pesados desse ano, os roqueiros da Georgia (USA) – Matodon, se detacaram com o ótimo álbum Emperor of Sand. Desse álbum uma das melhores canções é a inspirada Steambreather, que aparece agora em bem sacado vídeo.

A banda formada por Brann Dailor (Baterial e Voz), Brent Hinds (guitarra solo e voz), Bill Kelliher (guitarras) e Troy Sanders (baixo, voz e teclados), está em forte atividade em 2017, já que além do novo álbum, lançaram o EP – Cold Dark Place e participaram da série Game of Thrones.

Em Game of Thrones, é possível ver os caras da banda camuflados entre os White Walkers no último episódio da sétima temporada da série, mas os rapazes já tinham marcado presença na temporada cinco, além de assinarem a canção “White Walker” para a trilha “Catch the Thrones: Volume II”.

Mastodon em GoT

Dirigido pelo casal Essy May & Stevie Gee, o clipe mostra uma dupla de roqueiros alternativos que resolvem participar de um seminário freak hippie sobre “Iluminação Nasal Profunda”, mas o que era para ser divertido ou apenas inusitado se transformou num grande evento cheio de misticismos.

A canção é ótima, com mudanças inteligentes de andamento, vocais bem estruturados e super solos de guitarras.

O álbum foi gravado no The Quarry Recording Studio em Kennesaw (Georgia) com o produtor Brendan O’Brien, que já trabalhou com Pearl Jam, Neil Young, AC/DC e Rage Against the Machine.

Confiram as letras originais da canção – Steambreather

Mastodon ao vivo

Running outside the Nazca Lines, You know I see you all in white
Hoping you’ll grow the fruitful vines, An array to give us life

Violence born within my mind, I know it always takes its time
Climbing inside the cosmic eye, And forgive the enemy

I wonder who I am
Reflections offer nothing
I wonder where I stand
I’m afraid of myself

Watching you crumble to the ground, Made me want to run away
Helping you find the golden crown, Made it easier to stay

I wonder who I am
Reflections offer nothing
I wonder where I stand
I’m afraid of myself

At the bottom of the mountain, Unaware of my surroundings
Separation from my spirit,  Let the tree fall on the plain

I wonder who I am
Reflections offer nothing
I wonder where I stand
I’m afraid of myself

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: