Em Under the Sun quarteto Iceage renova o ArtRock para o milênio

Não é exagero citar o álbum “Beyondless” do Iceage como um dos mais representativos trabalhos da década, com clipes e singles que mostram todo foco do grupo em expandir sua arte e conquistar o mundo.

Beyondless – Iceage

Logo de cara com a poderosa “Hurrah”, os músicos mostram força com a sonoridade livre que incorpora no tradicional rockão a exuberância de um violino tocado com super intensidade, já na minha preferida “Pain Killer” toda potência do grupo se mescla com a ótima Sky Ferreira, dando o equilíbrio exato para mais essa sonzeira.

No álbum, o punk rock, o jazz com clima de cabaré e uma pegada pop gótica perfeita, emolduram um niilismo em sintonia com nosso tempo e sua confusa realidade, conseguindo a proeza de poder ser ouvido de ponta à ponta sem intervalos, sendo especialmente brilhante também nas ótimas “Under the Sun”, “The Day the Music Dies”, “Catch it” e “Showtime”.

Mas cereja do bolo, aparece mesmo na concepção e produção  do vídeo de “Under The Sun”, que captura o grupo em Tóquio durante suas noites de “residência” na capital japonesa, quando em conjunto com o renomado artista plástico Azuma Makoto, conhecido por suas esculturas de flores, se apresentaram como parte da instalação conhecida como “Crazy Garden x Iceage”.

A canção é uma das mais diretas do álbum, com o vocalista Elias Bender Rønnenfelt, evocando o desespero, clamando sobre a humanidade e o divino com tanta intensidade, que ganha o ouvinte logo na primeira audição.

No clipe, a banda se coloca como parte de uma performance artística construída dentro da instalação floral de Makoto, que parece jogar os músicos para debaixo d’água, com as flores se estendendo como uma floresta de um palco que conforme a evolução da canção, mostra toda flora sendo destruída pela movimentação dos músicos, enquanto questionam Deus e sua onipresença em nossas vidas.

“Beyondless” é o quarto trabalho de inéditas do Iceage, que evoluiu do punk original dos primeiros álbuns, para uma sonoridade mais elaborada, mas que mantém a comunicação direta e reta com a audiência, mas ousa na profundidade e na eloquência lírica de cada canção.

Iceage

O Iceage é comporto por Elias Bender Rønnenfelt (Voz e Guitarras),Johan Surrballe Wieth (guitarras), Jakob Tvilling Pless (baixo) e Dan Kjær Nielsen (Bateria).

Confiram o super vídeo de Under the Sun – dirigido por Azuma Makoto

Fiquem com o álbum na íntegra direto do Spotify – Iceage – Beyondless

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: