Cabbage mostra em show toda urgência e atitude que o rock mais precisa

Cabbage

O quinteto Cabbage é uma das novidades mais instigantes da cena atual inglesa, são queridinhos do Blog e por isso mesmo após elogiada apresentação no Glastonbury 2017, fomos conferir de perto a banda baseada em Manchester na ótima casa noturna Scala na quinta passada em Londres.

A abertura ficou por conta dos The Blinders, power trio de Doncaster (UK), que com super pegada deixou o público bem quente mesmo para a atração principal.

Vale destacar que os caras acabaram de lançar seu segundo single – Brave New World, mostrando total sintonia com o caos político que atinge a Inglaterra nesse exato momento.

Foi também interessante ver que os políticos também estão totalmente sem moral no primeiro mundo, com a audiência entoando a melodia de Seven Nation Army dos White Stripes com o grito …Ohh Jeremy Corbin… Ohh Jeremy Corbin… (político trabalhista com plataforma de esquerda), usando a o tema tanto entre os shows, quanto durante a apresentação do Cabbage em Londres.

Agora sobre o Cabbage !! Que performance animal dos caras !!

Apoteótico Cabbage em Londres

Um dos destaques do combo britânico é justamente a dinâmica entre os vocalistas Lee Broadbent e Joe Martin, que não deixam o show esfriar em nenhum momento.

Se revezam tanto nas guitarras quanto na intensidade brutal das performances de palco, com direito a diversos e quase mortais “stage dives” na platéia.

A banda ainda conta com o inspirado Eoghan Clifford nas guitarras cheias de efeitos e experimentações, enquanto a cozinha com o baixista Stephen Evans e o baterista Asa Morley, garante o show mesmo quando a intensidade da apresentação beira o caos.

Ao vivo são uma das melhores formações da atualidade, tomara que venham tocar na América do Sul em breve… vontade de se apresentar por aqui eles tem de sobra… como deu para perceber na rápida interação que tivemos.

Foi um privilégio ver os caras ao vivo e saí de lá com a certeza de que o Cabbage vai crescer e virar uma das referências entre as bandas novas do final dessa década.

O fim do show foi mesmo apoteótico, com seu hit indie Uber Capitalist Death Trade, causando comoção generalizada na pista, que gritou, dançou, invadiu o palco e confirmou minhas expectativas sobre a performance da banda.

Confiram nosso vídeo exclusivo do fim do show, além de outros selecionados no You Tube.

Setlist Cabbage no Scala de Londres em 29 de Junho de 2017

  • Kevin
  • Fraudulent Artist
  • Fickle
  • Dissonance
  • Celebration Of A Disease
  • Terrorist Synthesizer
  • Dinner Lady
  • Network Betrayal
  • Tell Me Lies About Manchester
  • Necroflat In The Palace
  • New song by Asa Morley (No name ?!)
  • Because You’re Worth It
  • Uber Capitalist Death Trade

 

Sobre o autor(a):
Testemunha ocular e sobrevivente dos anos 80, com vasta experiência como público pagante de shows e festivais, amante dos melhores sons e estilos. Nativo Digital e idealizador do Blog Vishows. Blogueiro Ativista, Podcaster, Educador Social, Empreendedor e Profissional de Marketing e Comércio Eletrônico.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: