Resenha do Scorpions em São Paulo comemorando 50 anos de banda

Mr.Jabs no show do Scorpions em São Paulo

Mr.Jabs no show do Scorpions em São Paulo

Os alemães do Scorpions voltaram ao Brasil para um super tour comemorando os 50 anos de existência da banda, que mantém o pique e profissionalismo em cada show, mesmo com álbuns recentes menos inspirados e de menor repercussão.

O que realmente me chamou a atenção foi a devoção do público ao quinteto, que conta com os membros clássicos Klaus Meine – Vocal, Matthias Jabs – Guitarras e Rudolf Schenker – Guitarras, reforçados pelo novo baixista Paweł Mąciwoda e por Mikkey Dee (ex Motorhead) – convidado como baterista para o super tour.

Confesso que tenho um super bode das mega baladas do Scorpions como tenho também em relação ao Aerosmith e outra boas bandas, mas não posso negar que o show foi muito legal, com os músicos esbanjando profissionalismo e qualidade e com a audiência cantando junto cada verso e solo de guitarra.

Para mim foi um chance de voltar à época de adolescência, quando a fase hardrock setentista com hits como ‘The Zoo” e “Blackout” fazia muito mais minha cabeça do que sons oitentistas como “Big City Nights” e “Rock You Like a Hurricane”, mas no final além da ótima produção destaco a força do cover de “Overkill”, homenagem dos alemães ao eterno Lemmy e seu Motorhead.

SETLIST Scorpions em São Paulo – Dia 04/Set/2016

  • Going Out With a Bang
  • Make It Real
  • The Zoo
  • Coast to Coast
  • Top of the Bill / Steamrock Fever / Speedy’s Coming / Catch Your Train
  • We Built This House
  • Delicate Dance
  • Always Somewhere / Eye of the Storm / You and I / Send Me an Angel (Acústico)
  • Wind of Change
  • Rock ‘n’ Roll Band
  • Dynamite
  • Overkill (Motörhead)
  • Drum Solo
  • Blackout
  • No One Like You
  • Big City Nights
    Bis
  • Still Loving You
  • Rock You Like a Hurricane

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: