Perfil de Siouxsie Sioux em 50 fotos antológicas

Siouxsie Solo

Siouxsie Solo

A inglesa Siouxsie Sioux, é um dos maiores ícones femininos do pop rock, além de ser super cantora e compositora.

Brilhou por anos no seminal grupo pós punk Siouxsie and the Banshees e na última década se destacou em bissexta carreira solo.

Em termos de imagem, mesmo antes de se firmar no meio musical, a “garota” era influente a ponto de com apenas 16 anos, virar modelo alternativa do mundo fashion na trupe de Malcolm McLaren e Vivienne Westwood, emprestando sua personalidade e look para os desfiles da loja Sex em Londres.

Logo na sequência, brilhou como a imagem feminina do Bromley Contingent, coletivo de fãs que seguiam os então novatos do Sex Pistols em todas performances e apresentações.

Bromley Contingent

Bromley Contingent

Assim Siouxsie Sioux, virou mesmo sem banda, uma das principais figuras do movimento Punk Inglês, criando enorme expectativa por sua estréia em disco com os Banshees, que rolou somente em 1978 com o álbum “The Scream”.

Quando ainda procuravam um nome, passou na BBC o filme “Cry of the Banshee”, baseado no conto de Edgar Alan Poe, e com presença do ator Vincent Price, foi quando acharam que The Banshees seria uma ótima idéia pra um nome… pensando primeiro em Susy (ou Suzy) and the Banshees, até adotarem em definitivo – Siouxsie & the Banshees, misturando o tema das Banshees (entidades femininas pertecentes à mitologia céltica cuja voz bela e tenebrosa anuncia a proximidade da morte) com a paixão da cantora pelas lendas e mitos dos índios Sioux da América do Norte.

Siouxsie Sioux e uma das encarnações dos Banshees

Siouxsie Sioux e uma das encarnações dos Banshees

Como banda fizeram brilhante carreira, mas que foi prejudicada pela constante mudança de guitarristas e falta de um gerenciamento mais empresarial nas turnés e discos , mas que não os impediu de se firmarem como exemplo de integridade artística, marcando Siouxsie como musa do gótico rock oitentista.

Na banda Susan Ballion (seu nome real) se consagrou, mas vivendo turbulenta relação artística e afetiva com seus colegas.

Primeiro com Steve Severin, amigo, parceiro de composições e co-fundador dos Banshees, e que após os primeiros discos e diversas mudanças na formação do grupo, viu a relação se deteriorar após inúmeras brigas.

Na sequência com o sucesso de seu projeto paralelo “The Creatures”, onde firmou com o também Banshee Budgie (bateria e percussão), uma intimidade musical e pessoal que os levou a um relacionamento que durou mais de duas décadas.

Siouxsie Sioux veio com os Banshees duas vezes ao Brasil, primeiro em 1986 no tour do álbum Tinderbox, quando foi apresentada ao país como a “rainha do dark” (alcunha do pós-punk gótico na terra brasilis) e realizou 6 apresentações entre São Paulo, Santos e Rio de Janeiro, e em 1995 divulgando o derradeiro álbum de estúdio The Rapture, sempre em apresentações lotadas (São Paulo e Rio), confirmando a força de sua arte junto aos fãs.

Siouxsie Sioux e Budgie

Siouxsie Sioux e Budgie

Atualmente a artista se firmou como solista, lançando em 2007 o dançante Mantaray, com bem sucedido tour e inúmeras parcerias musicais, sendo a última delas, a participação destacada no festival londrino Meltdown idealizado e organizado por Yoko Ono.

Discografia Completa 

Como Siouxsie and the Banshees
1978 – The Scream
1979 – Join Hands
1980 – Kaleidoscope
1981 – Juju
1982 – A Kiss in the Dreamhouse
1983 – Nocturne (álbum e dvd Live Londres 1983)
1984 – Hyaena
1986 – Tinderbox
1987 – Through the Looking Glass
1988 – Peepshow
1991 – Superstition
1995 – The Rapture
2002 – The Best of Siouxsie and the Banshees
2004 – Downside Up (box set de b-sides e raridades)
2006 – Voices on the Air: The Peel Sessions
2009 – At The BBC (box set de 3 live cds e dvd)

Com os The Creatures
1983 – Feast
1990 – Boomerang
1997 – A Bestiary Of
1999 – Anima Animus
1999 – Zulu (live’98)
1999 – Hybrids (remix álbum)
2000 – US Retrace (compilation : “Eraser Cut” E.P + B-sides 1999)
2000 – Sequins In the Sun (live’99)
2003 – Hai!
2004 – Tokyo Drum Sessions (Hai! demo version)
2004 – Hai! (2004 versão álbum + bonus tracks)

Como Siouxsie Sioux

1994 – Interlude (Single com Morrissey)
2005 – Dreamshow (Somente DVD)
2007 – Mantaray
2009 – Finale (Somente DVD)

Fiquem com mais fotos históricas de Siouxsie Sioux

18 comentários em Perfil de Siouxsie Sioux em 50 fotos antológicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: