Racionais comandam noite de celebração aos 30 anos de carreira

Principal artista escalado no Red Bull Music Academy Festival, os Racionais MC´s aproveitaram bem o buzz do patrocinador para comemorar os 30 anos de uma carreira marcada pela independência, sucesso e sonzeiras agora já clássicas e que marcaram gerações.

Racionais MC´s 30 anos

Toda mídia aproveitou a ocasião para traçar tratados metafísicos e sociológicos sobre o grupo, mas a grande imprensa é parte da máquina de moer seres humanos que é o Brasil, e claro que acaba se abstendo de qualquer autocrítica em relação ao próprio histórico de feitores que tem na história e na cultura de nosso país, tanto que sempre que podem detonam a banda paulistana.

Mas na real, Mano Brown, Edi Rock, Ice Blue e KL Jay já eram na virada dos anos 80 para os 90 o maior grupo independente do país, e passados tantos anos já mais do que provaram seu valor.

O show rolou na Audio Club, o que criou uma espécie de encontro de tribos quase sem precedentes nos últimos tempos.

Estavam presentes fãs de todas as periferias da cidade, em todas suas cores e faixas etárias, mas os bairros centrais estavam em peso na apresentação.

Nas camisetas dos presentes ví um pouco de tudo… Bob Marley, Pink Floyd, Tupac, Public Enemy, Aerosmith e Ramones… o que mostra que num Brasil cada vez mais dividido os Racionais são um dos poucos artistas que ainda agregam manos, minas, playboys, patricinhas, adolescentes e tiozões… um alento para os dias atuais.

Queria começar minha análise do show pela magia do mega DJ KL Jay, que ao vivo tem o apoio luxuoso de outros três DJ´s, controlando pickups e programações diversas.

Família Racionais

Com essa super base a apresentação ganha um peso sem igual, com graves daqueles que batem no próprio peito como um trovão, em releituras totalmente antenadas de clássicos que originalmente tem musicalidade mais despojada do que ao vivo.

Assim independente de conhecer o grupo e ter decorado suas gigantes letras, quem esteve presente pode dançar e se divertir como numa balada black de responsa.

KL Jay é um mestre e merece ser reverenciado sempre.

No palco a tradicional “família racionais”, com destaque para as inspiradas coreografias e os vocais cheios de soul de Lino Krizz, que sempre dão um tempero e balanço especial às canções.

Ao vivo sempre tenho a impressão que Ice Blue é quem mais se diverte, pois tanto nos momentos em que é o vocal principal, quanto nos momentos em que está mais no apoio, se mostra 100% conectado com o show e esbanja carisma e força no seu visual rasta super caprichado.

Já entre Mano Brown e Edi Rock, é inegável que existe uma tensão artística no ar, afinal são os principais criadores e porta vozes do grupo, dividem o destaque nas principais canções e encaram uma convivência que já tem 30 anos.

Essa energia até ajuda em torná-los mais relevantes, mas seguramente os projetos paralelos e as carreiras solo auxiliam mesmo na distensão criativa entre as partes.

Edi Rock tem um grave impressionante, é contundente nas rimas e em cada expressão, garantindo ao longo da apresentação diversos momentos onde diversão e conscientização conseguem conviver com perfeição como na emblemática Negro Drama.

Claro que Mano Brown é um caso à parte, tem um carisma e força cênica impressionantes,e consegue como poucos artistas ser direto sem deixar de ser poético.

Nessa noite, não fez nenhum discurso ou levantou bandeira política, se concentrando mesmo nas mensagens de cada canção, o que sem dúvida já é mais do que suficiente para entender o impacto de sua denúncia social e posição ideológica.

Brown comandou o show com maestria, sabendo brilhar e dividir o espaço com seus colegas de palco, apostando muito mais na força da batida e das mensagens do que na mitificação do próprio personagem. Saiba decisão artística.

No final acho que o show foi perfeito, talvez lá pertinho do palco as bases estivessem muito altas, com os graves pegando mesmo pesado… mas não foi um problema.

A combinação foi certeira para embalar o show e entreter a diversa platéia presente, que saiu já em plena madrugada com a certeza de ter visto uma apresentação digna da história dos Racionais MCs, a maior banda independente da música brasileira.

10 sons para viajar na onda dos Racionais MC´s

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: