Resenha do show de Hugh Cornwell no CB BAR (26/Jun)

O show de Hugh Cornwell no CB Bar foi um evento que uniu antigos punks, vários lojistas e ex-lojistas da Galeria do Rock e personalidades rock como Clemente (produtor musical e líder dos Inocentes), Supla, Kiko Zambianchi e vários figuras da noite rock paulistana.

Com cerca de 300 pessoas no público, o Pub congregou essa galera histórica, com diversos modernos e curiosos que como eu amam as canções do Stranglers e não poderiam perder a balada.

Se os Stranglers tinham um som bem sofisticado para o Pós-Punk Inglês da época, o que se viu nesse Sábado no CB foi um show bem Punk-rock.

Hugh Cornwell com a voz que marcou gerações e sua Fender Telecaster adicionada a bateria e baixo formaram um power trio perfeito e fizeram um show cru, roqueiro e com grandes versões e arranjos para clássicos como Always the Sun, Peaches, Duchess, Walk on by, Golden Brown (incrível) e No more Heroes (No bis encerrando a noite em grande estilo).

Os músicos pareceram se divertir bastante e os fãs mais empolgados fizeram coro em quase todas as canções, participando inclusive das novas “Going to the city” e “Delightful nightmare“.

Hugh mostrou estar em plena forma e fez uma apresentação memorável independente dos poucos privilegiados que foram testemunhas da performance desse ícone do pós-punk inglês.

Confiram a galeria de fotos do Show

Este slideshow necessita de JavaScript.


Sobre o autor(a):
Testemunha ocular e sobrevivente dos anos 80, com vasta experiência como público pagante de shows e festivais, amante dos melhores sons e estilos. Nativo Digital e idealizador do Blog Vishows. Blogueiro Ativista, Podcaster, Educador Social, Empreendedor e Profissional de Marketing e Comércio Eletrônico.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: