New Model Army fazendo história em Sampa

A urgência do New Model Army é prova de que a autenticidade e integridade artística ainda fazem toda diferença

A banda de Justin Sullivan nunca saiu da minha mira, tanto pelo pós punk repleto de atitude e consistência política, quanto por ver no músico uma referência ainda relevante para o rock atual, que vem redescobrindo o New Model Army, apesar do grupo não ter saído de cena nesses quase 40 anos de carreira.

Muitos da mesma geração ficaram no caminho, ou mesmo perderam relevância lançando álbuns caça niqueis, ou se rendendo a modismos momentâneos.

New Model Army em Sampa

Garanto que todos que foram vê-los nessas duas noites no ótimo Fabrique na Barra Funda, saíram 100% satisfeitos, afinal de contas para os fãs da banda os hits vão muito além de “51st State” ou mesmo “The Hunt”, vide a reação da audiência em canções como “I Love the world”, “Stupid Questions”, “Burn the Castle” e “Poison Street”.

Ao vivo soam pungentes, sem excessos ou auto indulgências, e não vivem do passado, equilibraram canções mais novas com aqueles sons antigos que fazem a cabeça dos fãs mais autênticos, mostrando que não são dentes perfeitos e roupas descoladas que fazem um artista ser foda e admirado em todos continentes como o NMA.

O New Model Army é uma das bandas mais politizadas do planeta, usam o rock contra o imperialismo, e se garantem ao lado do povo como verdadeiros pregadores globais do rock, semeando poesia e resistência em cada mente e coração.

Justin é um comunicador nato e ressaltou ao público a necessidade da união entre as pessoas, com foco na luta contra as injustiças de um sistema global totalmente controlado.

No domingo, a surpresa foi a presença do nosso guitar hero Andreas Kisser em “The Hunt”, que também tocou no bis pra alegria de todos, ajudando a compensar o som inexplicavelmente baixo da primeira metade do show, e a ausência de novas gerações na audiência.

…atenção…millennials vocês estão marcando toca em não prestigiar o New Model Army… #ficadica

Foi emocionante voltar a vê-los em Sampa, aqui o New Model Army tem um público fiel e que os consideram uma das poucas bandas que realmente valem o que pesam, e se Justin e seus asseclas estão sempre em turnê ou trabalhando em novas canções e projetos, é porque ainda acreditam na música e na sua capacidade de inspirar pessoas a mudar o mundo.

Justin Sullivan e seu NMA – 2018 – Brasil

Show do ANO !! Fica a dica !! Nunca percam um show do New Model Army… é uma banda que ainda VALE MUITO à pena !!

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: