Enquanto o novo do Prophets Of Rage não chega fazemos um especial da banda

Prophets of Rage

Confiram tudo sobre o Prophets of Rage e a playlist “Prophets of Rage til Now”, enquanto aguardamos o lançamento do álbum chega às lojas e plataforma digitais dia 15/Set e que já conta com os clipes de “Living On The 110” e “Unfuck the World”.

Certas bandas surgem na época certa e com propósito claro, e foi assim que o Prophets Of Rage se formou em 2016, ano em que o mundo político entrou em parafuso com os Estados Unidos pendendo para a ignorância da Era Trump, e o Brasil e a América Latina regredindo a ponto de colocar a própria democracia em risco. Reflexos claros de um mundo em crise e cheio de radicalizações burras.

E assim, em pleno caos do patrimonialismo financeiro global, surge o Prophets Of Rage, para levar um pouco de luz ao planeta e lutar pelo povo e pela democracia, juntando um time que conta com Brad Wilk (bateria), Tim Commerford (baixo) e Tom Morello (guitarras) do RATM, DJ Lorde (pick-ups) e Chuck D (voz) do Public Enemy e o rapper B Real do Cypress Hill.

Mas o projeto que surgiu como um tour Anti Trump, ganhou vida própria a ponto de estarmos na expectativa sobre o álbum de estréia dos caras, que sabiamente estão aos poucos lançando os principais singles.

Ainda em 2016 na esteira da turnê Make America RAGE Again lançaram o single “Prophets of Rage” produzido por Brendan O´Brien (mestre que ja trabalhou simplesmente com Pearl Jam, Stone Temple Pilots, Bruce Springsteen, Mastodon, AC/DC, Incubus, Rage Against the Machine, Red Hot Chili Peppers, Audioslave, Bob Dylan, Neil Young, The Black Crowes, Aerosmith, Soundgarden, The Offspring, Korn, Gaslight Anthem, The Killers, My Chemical Romance e muitos outros).

Na sequencia lançaram o EP – The Party is Overrepetindo o single e incluindo novas canções e versões ao vivo, foi então que a coisa pelo visto ficou séria já que com o mesmo produtor anunciaram a volta ao estúdio, que já resultou nos singles: Unfuck the world (com vídeo abaixo dirigido por Michael Moore), Living on the 110 e Radical Eyes, mostrando que os caras estão na pegada certa e que o álbum previsto para Set/17 será um dos pontos altos para a cena musical de 2017.

Não é brincadeira… e a expectativa é enorme, já que entre produção e clipes a banda está mostrando serviço, com canções inspiradas e que mostram perfeita liga entre as diferentes características de cada integrante.

É Rock e é RAP, é uma parceria real que une cabeças pensantes.

Sonzeira que ajuda a alertar a comunidade do rock e do hip hop sobre a hipocrisia da política e da manipulação midiática.

Tudo numa base sólida com espaço para o peso do RATM interagir com programações, batidas e rimas, levando o questionamento sobre a realidade conservadora das sociedades e a luta pela igualdade, democracia  justiça para dentro da musica… e de quebra as melhores guitarras do planeta, cortesia de Tom “the boss” Morello.

Fiquem com o vídeo de Unfuck the world e nossa playlist Prophets of Rage til Now

Sobre o autor(a):
Testemunha ocular e sobrevivente dos anos 80, com vasta experiência como público pagante de shows e festivais, amante dos melhores sons e estilos. Nativo Digital e idealizador do Blog Vishows. Blogueiro Ativista, Podcaster, Educador Social, Empreendedor e Profissional de Marketing e Comércio Eletrônico.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: