A Ideologia política, as canções e um super playlist do mito Neil Young

Neil Young

Neil Young é de direita ? Não, imagina Neil Young é de esquerda !! Putz, calem a boca e deixem o artista ser livre !! Quer ler sem preconceitos ? Sejam então livres pensadores, tolerantes e humanos como o super Neil Young , uma metamorfose ambulante e um gênio da música!

Comemorando a liberação do super catálogo de Neil Young ao universo Spotify, o Blog resolveu voltar à polêmica, falando da ideologia do “canadense mais norte americano de todos os tempos“.

Afinal desde os anos 60, época dos seus primeiros álbuns solos e consolidação da fama no super grupo CSN&Y (cavalo de força do folk rock alternativo hippie daquela geração), Mr.Young se mete nas polêmicas políticas e existenciais dos Estados Unidos.

Na última eleição apoiou abertamente o candidato esquerdista Bernie Sanders, e tretou com a campanha de Trump, não autorizando o uso de “Rocking in the Free World” pelo candidato e agora presidente, mas ficou longe de dar qualquer declaração pró Hillary Clinton.

Em ocasiões ficou mais à esquerda ainda, como quando foi a favor dos estudantes vítimas do massacre na Universidade de Ohio nos anos 70 em plena Era Nixon (veja aqui as letras da canção Ohio), ou contra as guerras sem fim em que se meteram os dois Governos Bush (Pai e Filho).

Nacionalista, Ecologista, Libertário e defensor dos índios e raízes dos Estados Unidos, Neil Young é um artista e ser livre, daqueles que Raul Seixas cantava em Metamorfose Ambulante” … prefiro ser uma metamorfose ambulante, do que ter que ter aquela velha opinião formada sobre tudo…

Neil pode até apoiar um candidato mas normalmente é contra o governo independente de partidos, o que não o impediu de ser pró Reagan no início dos anos 80 (e depois passou a ser contra até mesmo dizendo que nunca apoiou de fato, só achava algumas idéias boas – ver link), ou apoiar o Patriot Act quando houve o ataque terrorista de 11 de setembro.

Ou seja, não ponham o cara em grupo nenhum, Neil é livre e comprometido consigo mesmo, vive pela arte e liberdade acima de tudo… mas… para não ficar só com minha singela visão do mito do folk e do rock, trago trecho direto do super livro de Bill Flanagan – “Por Dentro do Rock” – onde o ex-editor da revista Rolling Stone entrevistou com profundidade compositores como Sting, Mick Jagger, Keith Richards, Bob Dylan, Lou Reed, Tom Waits, Bruce Springsteen, Bono, Van Morrison e muitos outros, e com propriedade e conhecimento de décadas, assim classificou Neil Young ideologicamente :

“Politicamente falando, o canadense Neil Young é um libertário com um forte ranço do laissez-faire. Quer que o Estado o deixe em paz, oscilando entra a esquerda e a direita dependendo do lado que estiver interferindo em sua vida… Até mesmo os fãs mais devotados se confundem com a rapidez e a extensão de suas guinadas estilísticas… “

Mas o que interessa é que a discografia agora está toda online, e resolví montar uma playlist com 30 sons inspiradores de Neil Young – curtam no volume máximo !!

 

Sobre o autor(a):
Testemunha ocular e sobrevivente dos anos 80, com vasta experiência como público pagante de shows e festivais, amante dos melhores sons e estilos. Nativo Digital e idealizador do Blog Vishows. Blogueiro Ativista, Podcaster, Educador Social, Empreendedor e Profissional de Marketing e Comércio Eletrônico.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: