Um perfil de Brenda Lee rainha do rock nos 50´s

Brenda Lee ao vivo

Brenda Lee ao vivo

A norte americana Brenda Lee foi uma das primeiras roqueiras femininas já no fim dos anos 50, quando ainda adolescente conquistou o mundo com sua voz poderosa, rasgada e cheia de personalidade.

Apesar da época conservadora, Brenda assumiu para gerações o papel de libertadora, como um Elvis de saias, chocou e ousou com flertes claros às novidades, experiências e mudanças de comportamento da era dos baby boomers nos USA e no mundo.

Brenda Lee

Brenda Lee

De família humilde e com uma história cheia de perdas em plena infância, a garota sempre mostrou gosto pela música, e se apresentava em programas de rádio e TV em todo país, ajudando a fazer seu nome e a adquirir um fluência de estilos e vocalizes que garantiram sua carreira por décadas. Brenda sempre foi versátil a ponto de ser facilmente confundida com uma cantora de gospel ou blues com anos de experiência.

Com “quase” 1,50 ganhou rapidamente o apelido de Little Miss Dynamite, quando em 1957 atingiu o topo das paradas com um som que a definiu como cantora em sua primeira fase, a certeira “Dynamite“.

Foi uma das primeiras adolescentes a se tornar um ídolo pop, ajudando a definir o estilo e dominando as transmissões de TV em todos Estados Unidos no fim dos anos 50.

Vejam o talento de Brenda Lee ao vivo com outro grande hit Sweet Nothing´s.

Chegou mais madura e com uma voz mais domesticada às décadas de 60 e 70, atingindo o público do country e do pop em geral, mas sempre que podia mostrava no rockabilly toda genialidade do gênero.

Emplacou 47 hits no Top100 das paradas americanas entre 1956 e 1966, ficando somente atrás dos Beatles, Ray Charles e do próprio Elvis.

Confiram alguns de seus hits dos 60´s – a balada I´m Sorry (1960), o rock dançante de Dum Dum (1962) e o balanço pop de Coming on Strong (1966):

 

 

Ensaiou ao longo da carreira diversos retornos ao mundo pop, participando de álbuns de novos artistas e recebendo indicações ao Grammy, mas nunca atingindo o mesmo sucesso que teve por quase 10 anos entre os anos 50 e 60, mas teve seu reconhecimento ao ser a única mulher nomeada para os Halls da Fama do Rock, Country e Rockabilly.

Apesar de não estar o tempo todo na mídia, Brenda Lee mantém sua carreira ativa, se dedicando a projetos gospel e homenagens aos fundadores do rock. Seu último álbum – Gospel Duets with Treasured Friends (2007), foi dedicados a duetos com artistas como Dolly Parton, Alison Krauss, Emmylou Harris e Huey Lewis.

Roqueira número 10 de todos os tempos segundo o Blog Vishows !!

10 sons incríveis da pioneira do rock nos 50´s Brenda Lee

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: