Secret Chiefs 3 no Sesc Belenzinho: experimentalismo e muito barulho – no melhor sentido da palavra

Por Renata Quirino

Conhecido por fundar o Mr. Bungle junto com Mike Patton e Trevor Dunn e participar do disco “King For a Day… Fool for a Lifetime” do Faith No More, Trey Spruance trouxe seu Secret Chiefs 3 pela primeira vez no Brasil.

Ontem a banda apresentou todo seu experimentalismo no Sesc Belenzinho, na Zona Leste de São Paulo. Com elementos musicais que vão do rock instrumental progressivo à música eletrônica, da música árabe ao death metal, o show do Secret Chiefs 3 é uma daquelas experiências sonoras que todos os apreciadores de música deveriam ter: insano, cheio de elementos e barulho. Barulho no melhor sentido da palavra.

Mesmo com o show pouco divulgado, a casa estava quase cheia e com o público apreciando cada viagem da banda, entrando no clima de cada canção, que podia ir do obscuro à calmaria.

Após a apresentação, conversei com o simpático Trey Spruance e ele mostrou estar satisfeito com a apresentação: “Gostei muito, acho que voltaremos em breve”, disse Trey animando os fãs que pediam fotos e autógrafos. O baterista Chess Smith também gostou do público brasileiro, mas se mostrou preocupado com a divulgação do show: “Como você ficou sabendo do show?”, me perguntou. Eu respondi que fiquei sabendo através do próprio site do Sesc, mas que o show de fato foi pouquíssimo divulgado. “Ah, sei…”, responde Chess com um ar pensativo.

Com um show impecável, Secret Chiefs 3 encerra turnê brasileira prometendo voltar para tocar muitos clássicos que ficaram de fora desse set list. Nós já estamos esperando.

Set list:

Zombievision
Personnae: Halloween
The 15
Fast
The 4 (Great Ishraqi Sun)
Le Mani Destre Recise Degli Ultimi Uomini (Medley)
Vajra (Rat Puriya)
Combat for the Angel
Radar (The Day the Earth Stood Still)
Sophia’s Theme
Bereshith
Tistriya
Book T: Exodus
Encore:
Ship of Fools
Saptarshi

Sobre o autor(a):

Formada em Rádio e TV, analista de mídia e fotógrafa. Apaixonada pela família, amigos, chocolate, esmaltes e, claro, música, muita música. Beatles ou Rolling Stones? Rollings Stones. Roberto ou Erasmo Carlos? Erasmo Carlos. Ramones ou Clash? Clash. Slayer ou Sepultura? Sepultura. Amor eterno: Iggy Pop, Elvis Costello e Debbie Harry.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: