Salve Renato Rocha, a história da Legião Urbana agradece

Renato Rocha

Renato Rocha

Hoje o Twitter bombou com matéria sobre a triste situação do grande Billy, baixista original da Legião Urbana, que segundo matéria da TV Record, está atualmente morando nas ruas do Rio de Janeiro – Veja a matéria aqui.

Renato Rocha saiu da banda em 1989, após 3 bem sucedidos discos, e mesmo que o cara tenha tido problemas mil, gostaria de saber onde estão os direitos autorais e de execução, afinal Renato Rocha, consta como co-autor de clássicos da Legião como “Ainda é Cedo”, “A Dança”, “Daniel na Cova dos Leões”, “Quase sem Querer”, “Acrilic on Canvas”, “Plantas embaixo do Aquário” e “Mais do Mesmo”.

Sua saída da banda foi bem estranha, pois numa anárquica formação de rock, Rocha saiu por chegar atrasado a ensaios e ser meio desligado das obrigações profissionais… pois pelo visto a Legião havia se transformado de banda de rock em negócios… coincidência ou não, os 3 discos originais da banda, representam 99% da produção de qualidade dos caras.

… sem comentários sobre o fato, de os bem de vida Dado Villa Lobos e Marcelo Bonfá, se recusarem a participar da matéria… inaceitável… Renato Rocha é tão Legião Urbana quanto eles, pois como o tempo provou, gênio mesmo era o Renato Russo…

O que me revolta na real, é que se faz muita grana com o nome da banda, seja em especiais na TV, Documentários, DVD´s, CD´s e até mesmo no Rock in Rio 2011 onde houve homenagem à banda e ninguém se prestou em tentar resgatá-lo, seja por amizade ou por puro respeito aos fãs e história do rock brazuca…

Para ver os caras no auge e com Billy mandando ver, confiram vídeo histórico da Legião no finado Perdidos na Noite…

Sobre o autor(a):
Testemunha ocular e sobrevivente dos anos 80, com vasta experiência como público pagante de shows e festivais, amante dos melhores sons e estilos. Nativo Digital e idealizador do Blog Vishows. Blogueiro Ativista, Podcaster, Educador Social, Empreendedor e Profissional de Marketing e Comércio Eletrônico.

3 comentários em Salve Renato Rocha, a história da Legião Urbana agradece

  1. Pingback: Legião Urbana ao vivo no Maracanãzinho em 1988 « Vishows

  2. Também fiquei indignado, Luis, escrevi um post no meu blog. Também critiquei a postura de Dado e Bonfá, tristissimo. Não acredito que não se possa fazer nada por Negrete!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: